15
Nov 12

A tinta que te corre nas veias…

 

As qualidades são escritas a lápis e os defeitos a caneta.

 

Pouco importa o que se escreve, importa com o que se escreve.

 

Quando a mente prefere ser corrector a borracha, não há mão que dite o contrário, não há pensamento que suplante essa vontade, não há quem contrarie a ordem das coisas.

 

O que não se sabe é que quem escreve, não tem sempre fonte de inspiração, nem todos os dias são belos nem tão pouco positivos.

 

Quem escreve, tem apenas a saber que um livro não se lê a carvão e a tinta barata.

 

A verdadeira essência da leitura, consiste em saber que o que se encontra a lápis é tão mais belo, perfeito e feliz que as frases escritas a caneta, apagando-as dessa forma de todos os prefácios, desenvolvimentos e conclusões de quem procura o caminho para a verdadeira e pura felicidade.

 

publicado por Chicailheu às 16:42
borboletas:

Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


::RELÓGIO::
::CONTADOR::
Ferias
Contador
::MEUS SLIDES::
::MIMINHOS::




































::BLOGUES AMIGOS::
O Blog da Joanina Azoriana / Açoriana Grilinha
::MINHAS MÚSICAS::
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO