30
Set 11

 

Esta foi a Cirurgia a que me submeti.

Para quem é curiosos, e goste de saber...tal como eu!

publicado por Chicailheu às 21:46
borboletas:

publicado por Chicailheu às 21:44
borboletas:

28
Set 11

ALGUÉM…

Não sei o que se passa comigo por vezes…
Medo…
Medo de sofrer...
Medo de amar,
Medo de me entregar,
Medo de sair magoado,
Mas sei…
Sei que não quero desistir de ser feliz por medo,
Por medo de sofrer…
Sei que não quero desistir assim,
Sei que nunca a vou esquecer,
Mas sei que em breve,
Os bons momentos que passámos juntos, não vão ser mais do que doces lembranças..
Doces recordações de dias felizes,
Outros houve em que também não…
Mas esses prefiro não recordar,
Prefiro guardar dela uma doce recordação..
De dias felizes, com alguém muito especial…
Não deixes de ser quem és, sê feliz no teu caminho,
Que eu não vou desistir de o ser no meu também.
Bem hajas por teres cruzado a minha vida…. Um dia !!!
Hoje, estou-me a descobrir,
Hoje estou a descobrir alguém,
Alguém que me faz acreditar,
Alguém que me faz renascer,
Alguém que me faz sentir feliz por esta vivo,
Alguém que me faz querer mais,
Alguém que finalmente se atravessou no meu caminho…
Alguém que apenas por existir, com a sua voz, me faz sentir Alguém.
Alguém que me faz acreditar de novo…

 

By Anjo da Paz

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 21:24
borboletas:

 

 

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 21:22
borboletas:

21
Set 11
publicado por Chicailheu às 23:12
borboletas:

 

- É importante que saibas que o Outono está associado à diminuição de horas de sol nos dias que vão passando, até ao Inverno.

 

 É esta a principal causa da aparição da cor vermelha nas folhas de carvalho que tu vês cair nesta página, uma vez que os pigmentos verdes - a clorofila -  cessam o seu trabalho e os pigmentos vermelhos, que estavam "escondidos" pelos pigmentos verdes, ocupam o seu lugar.

 

 

 Por outras palavras, a clorofila desaparece e aparecem os tais pigmentos vermelhos. Por que é que as folhas são vermelhas e não amarelas?  Pois bem, isso é devido à concentração de açúcar que está na seiva da árvore. Noutras árvores, é a cor amarela que aparece nas folhas de Outono.

 

 E muitas vezes aparecem todas as cores! Enquanto as folhas mudam de cor, a base (a cauda) das folhas seca, fazendo-as cair. O vento dá-lhes um empurrão.

 

2 - O fenómeno da queda das folhas é um mecanismo de defesa para o carvalho. Com a chegada dos grandes frios e da neve, o solo e a água que nele se encontra gelam e isso vai privar o nosso carvalho, e, claro, também as folhas, do seu alimento. Para escapar a este período de falta de alimento, o carvalho entra num estado de adormecimento até à Primavera.

 

3 - Que devemos fazer com as folhas mortas? Pois bem, na floresta, e contrariamente ao que as pessoas fazem nos seus terrenos e jardins, devemos deixar as folhas mortas sobre o solo: elas servem de fertilizante natural para esse solo, uma vez que se decompõem. Assim, o solo fica mais rico em matéria orgânica e isso permite alimentar os outros vegetais (e o próprio carvalho) que se encontram nessa floresta.

 

4 - Queres saber por que é que as folhas são verdes? Sabes o que é a clorofila?

 

5 - Inventa lindas histórias com folhas de Outono.


 Caros/as utilizadores/as: Transmitam aos vossos alunos a extraordinária dimensão do Outono. As crianças têm de ser folhas bailarinas, folhas estaladiças,  folhas tristes, folhas mortas; têm de ser uma filha que se despede da mãe. A Expressão Dramática está ao alcance de qualquer criança. O adulto é que tem de atravessar a fronteira do faz de conta para o que é mesmo, mesmo que não o seja verdadeiramente.

 

 Vaz Nunes - Set 2003.
 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 23:04
borboletas:





publicado por Chicailheu às 23:04
borboletas:

20
Set 11





publicado por Chicailheu às 21:25





publicado por Chicailheu às 10:13
borboletas:

Álcool


O álcool é uma substância psicoáctiva e uma classe de compostos orgânicos, sendo também uma droga depressora do Sistema Nervoso Central.

 

Registros arqueológicos revelam que os primeiros indícios sobre o consumo de álcool pelo ser humano data de aproximadamente 6000 a.C., sendo portanto, um costume extremamente antigo e que tem persistido por milhares de anos. A noção de álcool como uma substância divina, por exemplo, pode ser encontrada em inúmeros exemplos na mitologia, sendo talvez um dos factores responsáveis pela manutenção do hábito de beber ao longo do tempo.

 

EFEITOS:

 

A ingestão de álcool provoca diversos efeitos, que aparecem em duas fases distintas: uma estimulante e outra depressora.

Nos primeiros momentos após a ingestão de álcool, podem aparecer os efeitos estimulantes como euforia, desinibição e loquacidade (maior facilidade para falar). Com o passar do tempo, começam a aparecer os efeitos depressores como falta de coordenação motora, descontrole e sono. Quando o consumo é muito exagerado, o efeito depressor fica exacerbado, podendo até mesmo provocar o estado de coma.

 

Os efeitos do álcool variam de intensidade de acordo com as características pessoais. Por exemplo, uma pessoa acostumada a consumir bebidas alcoólicas sentirá os efeitos do álcool com menor intensidade, quando comparada com uma outra pessoa que não está acostumada a beber. Um outro exemplo está relacionado a estrutura física; uma pessoa com uma estrutura física de grande porte terá uma maior resistência aos efeitos do álcool.

 

O consumo de bebidas alcoólicas também pode desencadear alguns efeitos desagradáveis, como enrubecimento da face, dor de cabeça e um mal-estar geral. Esses efeitos são mais intensos para algumas pessoas cujo organismo tem dificuldade de metabolizar o álcool. Os orientais, em geral, tem uma maior probabilidade de sentir esses efeitos.

publicado por Chicailheu às 09:57
borboletas:

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
22
23
24

25
26
27
29


::RELÓGIO::
::CONTADOR::
Ferias
Contador
::MEUS SLIDES::
::MIMINHOS::




































::BLOGUES AMIGOS::
O Blog da Joanina Azoriana / Açoriana Grilinha
::MINHAS MÚSICAS::
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO