25
Jun 12

AUTO-POEMA
 
A tarde de musgo imprime
 sua caligrafia de sol
 sobre os labirintos sombrios da cidade
 e desnuda o caos urbano.
 Assustado fujo do mêdo e da angústia das ruas
 e me refugio no silêncio fetal do alpendre
 onde as horas plantam sementes de tédio
 na lavoura arcaica do tempo
 e vejo a tarde descambar para o poente
 enquanto inquietas andorinhas tentam
 pintar ainda com fiapos de sol
 as linhas tênue do horizonte.

 

(Autor desconhecido)

publicado por Chicailheu às 16:59
borboletas:

 Força da Vontade!

 

Tudo vence uma vontade obstinada, todos os obstáculos abate o homem que integrou na sua vida o fim a atingir e que está disposto a todos os sacrifícios para cumprir a missão que a si próprio se impôs.

 

Atento ao mundo exterior, para que não falte nenhuma oportunidade de pôr em prática o pensamento que o anima, não deixa que ele o distraia da tensão interna que lhe há-de dar a vitória; tem os dotes do político e os dotes do artista, quer modelar o mundo segundo o esquema que ideou.

 

Não se trata, claro, de um triunfo pessoal; em história da cultura não há triunfos pessoais; ou a vontade é pura e generosa, nitidamente orientada ao bem geral, ou mais cedo, mais tarde, se há-de quebrar contra vontades de progresso mais fortes que ela.

 

Que o querer tenha sua origem e seu apoio em coração aberto à nobreza, à beleza e à justiça; de outro modo é apenas gume fino e duro de faca; por isso mesmo frágil, na sua aparente penetração e resistência.

 

Vontade inteligente, e não manhosa, altruísta, e não virada ao sujeito, pedagógica, e não sedenta de domínio; a esta pertencem os séculos por vir: é a voz a que surgem; a outra estabelece os muros que ainda tentam defender o passado.
 
Agostinho da Silva, in 'Considerações'

 

publicado por Chicailheu às 16:55
borboletas:

recados para facebook


publicado por Chicailheu às 16:54
borboletas:

24
Jun 12

Tristeza

 

Tradução de Guilherme de Almeida.

 

Eu perdi minha vida e o alento,

E os amigos, e a intrepidez,

E até mesmo aquela altivez

Que me fez crer no meu talento.

 

Vi na Verdade, certa vez,

A amiga do meu pensamento;

Mas, ao senti-la, num momento

O seu encanto se desfez.

 

Entretanto, ela é eterna, e aqueles

Que a desprezaram - pobres deles! -

Ignoraram tudo de talvez.

 

Por ela Deus se manifesta.

O único bem que ainda me resta

É ter chorado uma ou outra vez.

 

Alfred de Musset

publicado por Chicailheu às 21:06
borboletas:

Recados para Orkut


publicado por Chicailheu às 21:05
borboletas:

20
Jun 12

Um senhor de idade chegou num consultório médico, para fazer um curativo em sua mão onde havia um profundo corte. E muito apressado pediu urgência no atendimento, pois tinha um compromisso. O médico que o atendia, curioso perguntou o que tinha de tão urgente para fazer.

O simpático velhinho lhe disse que todas as manhãs ia visitar sua esposa que estava em um abrigo para idosos, com mal de alzheimer muito avançado.

O médico muito preocupado com o atraso do atendimento disse:
 
- Então hoje ela ficará muito preocupada com sua demora?

No que o senhor respondeu:

-Não, ela já não sabe quem eu sou. Há quase cinco anos que não me reconhece mais.

O médico então questionou:

- Mas então para que tanta pressa, e necessidade em estar com ela todas as manhãs, se ela já não o reconhece mais?

O velhinho então deu um sorriso e batendo de leve no ombro do médico respondeu:

-Ela não sabe quem eu sou.. .Mas eu sei muito bem quem ela é!
 
Esse é o tipo de amor que quero para mim e que dou a quem tanto amo.
 Amor sem limites, amor de verdade, amor doação, amor entrega…
 Amor por amar…
 Quero poder estar casado daqui a anos e ainda guardar aquele brilho no olhar ao ver minha esposa desejar-me um bom dia quando eu acordar; voltar correndo para dar um beijo antes de ir ao trabalho caso eu saia apressado e esqueça de beijá-la; quando chegar em casa à noite, se ela já houver retornado, ser recebido com muito amor, carinho, e apaixonar-me por ela naquele instante novamente após um longo beijo, etc.
 E quando já estivermos velhinhos, quero permanecer ao lado dela, aconteça o que acontecer, porque jamais esquecerei da importância dela em minha vida.
 O texto é realmente lindo. Lembra-me aquele filme: “O filho da Noiva”. Um filme argentino excelente. Fala justamente desse amor. De um velhinho e sua amada, que tem mal de alzheimer. Quem assistiu o filme sabe que ele todo dia estava lá no abrigo, mesmo ela nem lembrando mais dele… Lembro-me também das lágrimas em meu rosto vendo aquelas cenas. Lindo lindo lindo. Que amor…
 Amor de verdade…
 Amor pra sempre…
 Amor pra eternidade.
 
*****
 
E como amor de verdade é o assunto deste post, nada melhor que a letra da música “Amor sem limite”, de Roberto Carlos. Ei-la:
 
Quando a gente ama alguém de verdade esse amor não se esquece.
 O tempo passa, tudo passa, mas no peito o amor permanece.
 e qualquer minuto longe é demais, a saudade atormenta.
 Mas qualquer minuto perto é bom demais, o amor só aumenta.

Vivo por ela
 Ninguém duvida
 Por que ela é tudo
 Na minha vida

Eu nunca imaginei que houvesse no mundo um amor desse jeito.
 Do tipo que quando se tem não se sabe se cabe no peito.
 Mas eu posso dizer que sei o que é ter um amor de verdade
 E um amor assim eu sei que é prá sempre, é prá eternidade.

Vivo por ela
 Ninguém duvida
 Por que ela é tudo
 Na minha vida

Quem ama não esquece quem ama, o amor é assim.
 Eu tenho esquecido de mim, mas dela eu nunca me esqueço.
 Por ela, esse amor infinito, o amor mais bonito,
 é assim nosso amor sem limite.
 O maior e mais forte que existe.

Vivo por ela
 Ninguém duvida
 Por que ela é tudo
 Na minha vida

 

Amor sem limite – Roberto Carlos

publicado por Chicailheu às 22:50
borboletas:

publicado por Chicailheu às 22:49
borboletas:

19
Jun 12

Sempre...


Escrevo por não ter nada a fazer no mundo:


Sobrei e não há lugar para mim na terra dos homens.


Escrevo porque sou um desesperado e estou cansado, não suporto mais a rotina de me ser e se não fosse sempre a novidade que é escrever,
eu me morreria simbolicamente todos os dias...

 

Clarice Lispector.

 

publicado por Chicailheu às 21:45

Devemos enfocar a parte boa de todas as coisas, inclusive da net
 
Depende de quem esta atrás da tela
 
Muitas vezes os laços de amizade através dessa telinha fria e insensível
 
Podem ser muito maiores do que em um relacionamento normal
 
O mundo virtual diminui em muito as distâncias
 
E se fizermos as coisas certas do jeito certo
 
Estaremos cumprindo o nosso papel no Reino de Deus
 
Contribuindo para a propagação das boas novas.


 

publicado por Chicailheu às 21:42
borboletas:

Recados


publicado por Chicailheu às 21:41
borboletas:

Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15

21
22
23

26
27
28
29
30


::RELÓGIO::
::CONTADOR::
Ferias
Contador
::MEUS SLIDES::
::MIMINHOS::




































::BLOGUES AMIGOS::
O Blog da Joanina Azoriana / Açoriana Grilinha
::MINHAS MÚSICAS::
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO