10
Mai 11

Chamo-Te...

 

Chamo-Te porque tudo está ainda no princípio
 E suportar é o tempo mais comprido.
 
Peço-Te que venhas e me dês a liberdade,
 Que um só de Teus olhares me purifique e acabe.
 
Há muitas coisas que não quero ver.
 
Peço-Te que sejas o presente.
 Peço-Te que inundes tudo.
 E que o Teu reino antes do tempo venha
 E se derrame sobre a Terra
 Em Primavera feroz precipitado.
 
(Sophia de Mello Breyner Andresen )

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 23:47
borboletas:

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27

30


::RELÓGIO::
::CONTADOR::
Ferias
Contador
::MEUS SLIDES::
::MIMINHOS::




































::BLOGUES AMIGOS::
O Blog da Joanina Azoriana / Açoriana Grilinha
::MINHAS MÚSICAS::
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO