01
Ago 11

Eu fico pensando nestas pessoas que se sentem traídas.

 

Essas pessoas que foram enganadas, ou largadas, ou trocadas.

 

Porque este sentimento pode ser o começo de um buraco muito fundo de auto-piedade. Cuidado você, que está deste jeito que eu estou falando, porque o sofrimento pode ser muito grande!


Nada como estar por baixo, para querer ficar por cima, sair-se melhor, mostrar que pode mais. O sentimento de ser traído, no fundo, no caroço dele, é uma grande sensação de não ter valor.

 

 De ter sido preterido.

 

 Um golpe no orgulho.

 

E esta sensação de menos valia não se acaba por se atacar os outros, como as pessoas costumam fazer. É preciso entender esta sensação, agir sobre ela.


As pessoas que são traídas são pessoas que esperaram demais. Apostaram demais. Se enganaram.

 

 Quer coisa mais comum, neste mundo em que vocês estão, do que enganar-se com as pessoas? Ora: se quase ninguém tem coragem de ser si mesmo! Se está todo mundo tentando agradar, parecer melhor que é! Então, as pessoas são traídas por seus erros de avaliação. Por suas expectativas. Não pelo outro.


 Cada homem ou mulher tem sua natureza e age segundo ela. É claro que esta natureza é mutável, mas ela é o que é. Se uma mulher é asseada por natureza, ninguém estranha que a sua casa esteja sempre brilhando e perfumada. Se um aluno é quieto por natureza, ninguém na classe estranha ele estar calado. Se uma pessoa é indiscreta, por que você estranha que ela revele o seu segredo? Porque você não viu como ela, de fato, era…


 Mas a sensibilidade para perceber a verdadeira natureza das pessoas é algo que vocês ainda têm que desenvolver, porque vocês se prendem mais à superfície, aos modos, às palavras, que à verdadeira intenção.


 Vocês não são traídas, ou traídos por fulano ou sicrana. Vocês são traídos pelas suas ilusões, pelos seus devaneios. Se você confiou uma grande tarefa a alguém que era muito fraco para levá-la adiante, quem errou mais, você ou ele?


 Então, chegamos ao ponto de saber quem falhou mais: o outro, porque não tem condições de ser como você gostaria e só agiu como é o padrão dele, ou você, que estava numa ilusão?


 Agora: o fato do outro ser desleal faz com que você encare a realidade de que você não tinha, para ele, a importância que imaginava. Ora, pois, se quando ele pôde, ele foi justo fazer o que você não queria!


 Mas pense bem e veja se foi você ou ele o maior responsável.


 E onde eu queria chegar com tudo isso era na conclusão de que não adianta você ter importância pros outros, se não se sente importante em si mesmo, ou mesma.

 

Se você depende da atitude dele pra se posicionar diante de si e se acha pequenininha só pelo que o outro fez, eu pergunto:
 - Que importância tem você pra VOCÊ?
 (Use um tempo pra pensar nisso)
 
A verdade é que a vida tem de seguir seu curso, e quanto menos ficamos estacionados em confusões e rixas, melhor pra todos.


 Seja inteligente e aprenda com isso.


 Se você atrai para seu convívio pessoas com estas tendências, não será por alguma razão mais séria? Não será por suas atitudes? Não será por este desespero de ter que confiar em alguém, que faz com que você vá confiando em qualquer um? Não será por ter tão pouca confiança em si, que acaba investindo sua fé nos outros e quebrando a cara? Já sei: você não confia em si, porque se traiu. Você se enganou. você brincou com a sua verdade. Você pisou nos seus sentimentos pra ser bonitinha pros outros. Você desistiu de tudo que mais queria, não é? Você deixou de lado suas qualidades mais caras.


 Tem razão: eu também não confiaria em alguém assim…


 Mas nada acontece perto de nós ou conosco que não seja pra nos acordar, pra nos sacudir, pra nos fazer perceber a verdade. Não será uma chance que a vida está lhe dando para você confiar mais em você, sendo alguém mais confiável?
 
Pense no que Calunga aqui disse para você e não se engane mais, não se traia.
 
Boa Sorte – Vanessa da Mata e Ben Harper

 

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 15:02
borboletas:

Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
30
31


::RELÓGIO::
RSS
::CONTADOR::
Ferias
Contador
::MEUS SLIDES::
::MIMINHOS::




































::BLOGUES AMIGOS::
O Blog da Joanina Azoriana / Açoriana Grilinha
::MINHAS MÚSICAS::
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
as minhas fotos
blogs SAPO