17
Dez 11

 Às vezes escrevo por gosto… outras por prazer… muitas por necessidade…


Há ocasiões em que simplesmente tenho de o fazer por qualquer motivo que vem não sei de onde… desejo inexplicável de contar o que me vai na alma…

sei bem que não sou nenhum génio, tenho só um certo mau génio… não sou nenhuma luz, tenho alguma chispa…

 

Nunca me parece bem o que faço e procuro sempre superar-me… claro que não sou perfeita…

 

 Posso dizer que nada me prende muito menos o medo… a alma não tem descanso quando se trata de paixão… também lhe falta tranquilidade quando se trata de amor… menos ainda tem paz quando se fala de ausência… por isso nada melhor que dizer amo-te e depois ver-te sorrir…

 

Na escrita encontro algo indiscritível...é como se desse a volta ao mundo...é como se fosse uma viagem...

 

Por vezes rasgo o que escrevo...

Não me soa bem...não era bem aquilo que queria escrever...

 

Mas...volto sempre á monotonia e solidão da escrita!

 

CHICA

 

 

 

 

 

 

publicado por Chicailheu às 10:11
borboletas:

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
31


::RELÓGIO::
::CONTADOR::
Ferias
Contador
::MEUS SLIDES::
::MIMINHOS::




































::BLOGUES AMIGOS::
O Blog da Joanina Azoriana / Açoriana Grilinha
::MINHAS MÚSICAS::
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO