26
Mar 12

publicado por Chicailheu às 22:40
borboletas:

Os teus pés


Pablo Neruda

 

Quando não posso contemplar teu rosto,
contemplo os teus pés.

Teus pés de osso arqueado,
teus pequenos pés duros.

Eu sei que te sustentam
e que teu doce peso
sobre eles se ergue.

Tua cintura e teus seios,
a duplicada purpura
dos teus mamilos,
a caixa dos teus olhos
que há pouo levantaram voo,
a larga boca de fruta,
tua rubra cabeleira,
pequena torre minha.

Mas se amo os teus pés
é só porque andaram
sobre a terra e sobre
o vento e sobre a água,
até me encontrarem.


 

publicado por Chicailheu às 22:34
borboletas:

publicado por Chicailheu às 22:33
borboletas:

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
28
29
30
31


::MEUS SLIDES::
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO